Anuncie

Homofobia mata um brasileiro a cada 19 horas


O Brasil registrou em 2017 uma morte por homofobia a cada 19 horas. De acordo com um levantamento divulgado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), no ano passado houve 445 mortes de LGBTs relacionadas à homofobia.

"Tais números alarmantes são apenas a ponta de um iceberg de violência e sangue, pois não havendo estatísticas governamentais sobre crimes de ódio, tais mortes são sempre subnotificadas já que o banco de dados do GGB se baseia em notícias publicadas na mídia, internet e informações pessoais", afirmou Luiz Mott, fundador do GGB, à Agência Brasil.

Segundo destaca o UOL, este é o maior número já levantado pela organização — um aumento de 30% em relação a 2016, que teve 343 casos. Entre os registrados no último ano, 194 eram gays, 191 eram trans, 43 lésbicas e 5 bissexuais.

A pesquisa revela que 56% destes crimes aconteceram em vias públicas, contra 37% dentro da casa da vítima.

O GGB afirma ainda que travestis são mais comumente assassinados nas ruas a tiros ou espancados. Já gays são mortos, frequentemente, esfaqueados ou asfixiados em suas próprias residências.

O levantamento também identificou os estados com maiores registros de crimes de ódio contra LGBTs. São Paulo, com 59 casos; Minas Gerais, com 43; Bahia, com 35; Ceará, com 30; e Rio de Janeiro, que teve 29 casos. No entanto, a região Norte tem a maior média por habitantes: há 3,23 vítimas de homofobia a cada 1 milhão de cidadãos.

25 jan 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

Segundo delegada, Matheusa foi “julgada” antes de ser morta por traficantes

Segundo delegada, Matheusa foi “julgada” antes de ser morta por traficantes

em LGBTFOBIA

A intolerância fez mais uma vítima na comunidade LGBT.

Principais empresas japonesas voltam seus olhos para os consumidores LGBT COMPARTILHE!

Principais empresas japonesas voltam seus olhos para os consumidores LGBT COMPARTILHE!

em Atitude

Os principais varejistas e fabricantes do Japão estão começando a prestar mais atenção em consumidores que se identificam como LGBT

Dois estados norte-americanos aprovam projetos-lei de adoção anti-L

Dois estados norte-americanos aprovam projetos-lei de adoção anti-L

em LGBTFOBIA

Os estados norte-americanos do Kansas e de Oklahoma aprovaram, entre quinta e sexta-feira, legislações que permitem às agências de adoção religiosas não entregar crianças a casais do mesmo sexo.

Grupo LGBT quer entrar com mandado de segurança contra reforma no Arouche

Grupo LGBT quer entrar com mandado de segurança contra reforma no Arouche

em Política

A intervenção foi aprovada nos órgãos de patrimônio municipal e estadual.

Anuncie